Sobrevivemos a pandemia?

Sobrevivemos a pandemia?

O que levaremos para 2021 como aprendizado?

O ano de 2020 foi difícil e totalmente diferente e inesperado. Foi um ano em que as perdas não foram materiais. Hoje entendemos que perdas materiais, nada significam em face de tantas pessoas queridas que se foram. Perder alguém que amamos é muito mais marcante e sofrido do que todas as nossas perdas desse ano que termina.

Foi um ano de reclusão, de cuidados e de modificações acompanhadas de muito medo e insegurança.

Nos deparamos com profissionais da saúde incansáveis e valentes, a frente de uma doença tão agressiva e tão rápida, para finalizar com a vida e com a esperança..

E nós? Fizemos realmente a nossa parte? Ou simplesmente apostamos na sorte, para ver quem iria sobreviver.
Dividimos com nossos amigos e parentes a dor dos momentos difíceis sim, mas e o resto?
Ficamos em casa? Deixamos realmente de ir a lugares desnecessários? Pensamos nos nossos próximos?

Enfim estamos Aqui. Estamos vivos e aprendemos muitas coisas para enfrentar o que há de vir.

Estamos preparados para acolher e ser acolhido.
Mas estamos preparados para a reflexão que essa data nos pede?
Estamos preparados para estender nossos pensamentos e nossas ações para ajudar os nossos semelhantes?
Estamos preparados para valorizar o ato de abraçar e de beijar?
Hoje sabemos que não se pode banalizar pequenas coisas.

Que venha 2021! Que venha a esperança de novos dias! Que venham pessoas melhores para habitar nosso planeta!
Enfim que venha a prática da paz e do amor!
Feliz 2021!
Salete Amorim Gaefke