12 de Dezembro dia de Nossa senhora de Guadalupe

Oração a Nossa Senhora de Guadalupe

Oração a Virgem de Guadalupe

Oh! Virgem Imaculada, Mãe do verdadeiro Deus e Mãe da Igreja!
Vós que manifestas vossa clemência e vossa compaixão a todos os que solicitam vosso amparo;
Escutai a oração que com filial confiança vos dirigimos e apresentai-a ante vosso Filho Jesus, único redentor nosso.
Mãe de misericórdia, Mestra do sacrificio escondido e silêncioso, a Vós, que sais ao encontro de nós, os pecadores, Vos consagramos neste dia todo o nosso ser e todo nosso amor.
Vos consagramos também nossa vida, nossos trabalhos, nossas alegrias, nossas enfermidades e nossas dores.
Dai a paz, a justiça e a prosperidade a nossos povos; já que tudo o que temos e somos o colocamos sob vosso cuidado, Senhora e Mãe nossa.
Queremos ser totalmente vossos e percorrer convosco o caminho de uma plena fidelidade a Jesus Cristo em sua Igreja: não nos soltes de vossa mão amorosa.
Virgem de Guadalupe, Mãe das Américas, vos pedimos por todos os bispos, para que conduçam aos fiéis por caminhos de intensa vida cristã, de amor e de humilde serviço a Deus e as almas.
Contempla esta imensa multidão, e intercedei para que o Senhor infunda fome de santidade em todo o povo de Deus, e outorgai abundantes vocações de sacerdotes e religiosos, fortes na fé, e zelosos dispensadores dos mistérios de Deus.

 

Oração Urgente a Nossa Senhora de Guadalupe

 

Concede aos nossos lares
a graça de amar e respeitar a vida que começa,
com o mesmo amor com que concebeste em teu seio
a vida do filho de Deus.

Virgem Santa Maria, Mãe do formoso amor,
protege nossas famílias,
para que estejam sempre muito unidas,
e abençoe a educação de nossos filhos.

Esperança nossa, lança-nos um olhar compassivo,
ensina-nos a procurar continuamente a Jesus e, se cairmos,
ajuda-nos a nos levantar, a nos voltarmos a Ele,
mediante a confissão de nossas culpas e pecados
no Sacramento da Penitência, que traz serenidade à nossa alma.

Nós te suplicamos para que nos concedas um grande amor
a todos os santos sacramentos,
que são as pegadas de teu Filho na Terra.

Amém

 

História da Aparição de Nossa Senhora de Guadalupe

 

Nossa Senhora de Guadalupe fez sua primeira aparição no ano de 1531, no México, para o indígena Juan Diego – canonizado no ano de 2002 pelo Papa João Paulo II -, que nesta época seguia para uma de suas aulas de catequese. Nossa Senhora, disse então a Juan Diego que fosse até o bispo e lhe pedisse que naquele lugar fosse construído um santuário para a honra e glória de Deus.

O bispo local, muito prudente, pediu um sinal da Virgem, que foi concedido somente na terceira aparição, quando Juan Diego buscava um sacerdote para o tio doente: “Escute, meu filho, não há nada que temer, não fique preocupado nem assustado; não tema esta doença, nem outro qualquer dissabor ou aflição. Não estou eu aqui, a seu lado? Eu sou a sua Mãe dadivosa. Acaso não o escolhi para mim e o tomei aos meus cuidados? Que deseja mais do que isto? Não permita que nada o aflija e o perturbe. Quanto a doença do seu tio, ela não é mortal. Eu lhe peço, acredite agora mesmo, porque ele já está curado. Filho querido, essas rosas são o sinal que você vai levar ao bispo. Diga-lhe em meu nome que, nessas rosas, ele verá minha vontade e a cumprirá. Você é meu embaixador e merece a minha confiança. Quando chegar diante dele, desdobre a sua “tilma” (manto) e mostre-lhe o que carrega, porém, só em sua presença. Diga-lhe tudo o que viu e ouviu, nada omita…”

Era o dia 12 de dezembro de 1531. O bispo viu, não somente as rosas, mas o milagre da imagem de Nossa Senhora de Guadalupe, pintada prodigiosamente no manto do indígena. Ele levou o manto com a imagem da Santíssima Virgem para a capela, e ali, em meio às lágrimas, pediu perdão a Nossa Senhora.