Foto de uma rosa vermelha
Muitas vezes, olhamos e desejamos,
queremos por que queremos.

Compramos pela embalagem,
Pelo externo, sem conhecer o produto.

Quebramos a cara, nos magoámos, saimos feridos…

Muitos relacionamentos andam assim,
frustrados, decepcionados, dando ânsia…

Idealizamos demais as pessoas, as coisas e os sonhos.
Esquecemos que os sonhos são partes do imaginário.
Sonhos são bases para fazermos ou não, determinadas coisas.

Não queira viver a ilusão dos seus sonhos.

As pessoas são o que são no dia a dia,
nem mais, nem menos.

Podem até fingir por um tempo que são isso, ou aquilo,
mas uma hora a verdade vem e a máscara cai.
Cabe a nós, nos precavermos das “ciladas”,
com o tal do “bom senso“.

Desconfie de quem é muito doce, “fofa(o)”.
Todo mundo tem a sua hora de “descontrole”.
Desconfie de quem é só te elogia (a não ser a sua mãe).
Todos nós temos defeitos.
Desconfie de muitas promessas e facilidades.
Quando a esmola é demais o santo deve desconfiar.(Nesse caso o santo é você!)
Desconfie de quem jura amor e vai embora cedo, ou vive furando nos encontros.
Quem te ama não aguenta ficar longe de você.

Por fim, respeite-se!
Quem se respeita sabe até onde o outro pode ir.
Não aceita migalhas, sobras, desaforos, desacatos e violência.
Por amor a você: ame-se!
Esta é a condição única para ser amado(a) de verdade.
Descubra o prazer de estar de bem com você!

Eu acredito em você!
Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br
Compartilhe!