Como fazer Maionese Caseira com segurança!

Como Fazer a Verdadeira Maionese Caseira

Os segredos, as dicas, as calorias e uma receita diferente: Maionese com Ovos Cozidos, que além de tudo é Low-Carb.

A Verdadeira Maionese…

Não, não é a aquela do comercial, a industrializada.
A verdadeira e original tem uma composição bem simples: Óleo, Ovos, Limão(ou vinagre) e Sal. E é a lecitina encontrada na gema do ovo que age como um emulsificante, transformando suco do limão e o óleo nesse creme que você pode consumir no sabor natural ou agregar outros elementos para ter novos sabores.

A Receita Básica da Maionese Caseira

Ingredientes
2 ovos
2 colher (chá) de vinagre
1 colher (chá) de sal (ou a gosto)
Óleo até dar o ponto

Como Fazer:
Coloque os ovos e vá acrescentando o óleo, aos poucos, enquanto bate no liquidificador, até chegar no ponto de maionese.
Reserve.



Dica 2 – Maionese segura com Ovos Cozidos

Maionese Caseira com Ovos cozidos
Maionese com ovos cozidos?
É possível?
Sim e super gostosa! O melhor de tudo é muito segura.
Sem riscos da Salmonella

Ingredientes:

Como Fazer
1 – Em uma panela, acrescente os ovos, cubra com água, feche a panela e cozinhe em fogo médio por 10 minutos.

2 – Coloque no liquidificador os ovos cozidos amassados com um garfo, o sal e o suco de limão, e a mostarda, bata ligeiramente, até obter um creme.

3 – Talvez não precise usar todo o suco de limão.
Coloque a metade e se formar o creme homogêneo e grosso, não precisa acrescentar o limão restante.

4 – Agora coloque em pote, preferencialmente de vidro, e leve para a geladeira para gelar.

VALIDADE:
3 dias na geladeira

Pode servir!!!



Nascimento da Maionese, um pouco de história

Reza a lenda que a ¨maionese¨ surgiu na cidade de Maó, na ilha de Minorca, foi levada pra frança depois da batalha de Minorca em 1756 e virou mayonnaise!

Perigos da Maionese Caseira

Os ovos crus ou mal preparados são uma grande fonte de contaminação de uma bactéria conhecida como Salmonela que causa a salmonelose, uma infecção intestinal que geralmente dura de 4 a 7 dias e da qual muitos doentes se recuperam sem maiores complicações e sem ter que tomar antibióticos, mas, quando a diarreia é intensa e forte, é preciso hospitalização e uso de antibióticos, além de hidratação venosa entre outros cuidados. Crianças, gestantes, idosos e pessoas com baixa imunidade são mais propensos a formas graves da doença, quando há passagem da infecção para o sangue ou para outros órgãos do corpo, o que pode levar à morte se não for tratada prontamente com antibióticos adequados.

Em São Paulo, Minas Gerais e em outros Estados é proibido oferecer a maionese caseira em restaurantes, lanchonetes, quiosques entre outros pelo risco de contaminação com a Salmonela.

Os principais sintomas da salmonelose são dores abdominais, diarreia, calafrios, febre, náuseas, vômitos e mal-estar de 12 a 72 horas após a ingestão do alimento contaminado.

Comparações da Maionese Caseira x Industrializada

Enquanto uma colher de sopa (12g) de maionese industrializada regular tem 40 kcal, a mesma colher da maionese caseira tem quase o dobro, 76 kcal. Na versão light vendida no supermercado, são 29kcal por porção.

Os níveis de gordura saturada surpreendem, na mesma colher de sopa (12g), a maionese industrializada traz 0,6g contra 1,3g da caseira, (diferença de 54% a mais de gordura).

Em relação ao colesterol, a caseira tem 31g na porção (12g) e a industrializada apresenta apenas 2.2g, 98% a menos do que um ovo.

CALORIAS DA MAIONESE

Confira os valores por uma colher de sopa (12 g) e compare:

Maionese industrializada
:: Energia: 40 kcal
:: Gordura total: 4,0 g
:: Gordura trans: 0
:: Colesterol: 2,2

Maionese caseira
:: Energia: 76 kcal
:: Gordura total: 8,2 g
:: Gordura trans: 0,5
:: Colesterol: 31,0

Bom apetite, com segurança e sem exagerar hein!