Insônia, o mundo dos que não conseguem dormir…

Insônia um mal que não te deixa dormir

Dormir bem é uma necessidade básica da boa saúde…

No dicionário, Insônia é descrita como substantivo feminino e significa falta de sono; dificuldade prolongada e anormal para adormecer; incapacidade de dormir adequadamente; assonia, insonolência.

Causas da Insônia

Grande parte dos casos de insônia relatados pelos que sofrem desse mal, está relacionada com péssimos hábitos que levamos para a cama na hora de dormir, como os aparelhos eletrônicos no quarto, luz em demasia, pensamentos acelerados com os problemas do dia ou da semana…
Junto à esses maus hábitos podemos incluir doenças como a depressão, ansiedade, alguma doença crônica ou certos medicamentos que você está utilizando, além do temível “sedentarismo

Os médicos afirmam que a insônia não tem cura, mas tratamentos que podem aliviar os sintomas, mas, as mudanças de hábitos, o desapego dos problemas cotidianos e o “movimentar-se” podem transformar a sua noite em verdadeiros momentos de relaxamento profundo.

Sintomas da Insônia

Os principais sintomas da insônia podem incluir grande dificuldade para dormir ou dormir e não se sentir descansado.

Tratamento da Insônia

Podemos citar os seguintes tratamentos:

  • Mudança de maus hábitos na hora de dormir
  • Terapia comportamental
  • Controle de possíveis causas subjacentes (doenças ou remédios que interferem no sono)

Você não está sozinho: a maioria das pessoas tem insônia em algum momento de suas vidas, e 10% têm problemas crônicos com a insônia.

Dicas poderosas para dormir melhor.

Rotina de Sono:
procure deitar e levantar sempre em um mesmo horário, todos os dias. Isso é importante, pois fará com que o seu corpo crie uma rotina de sono.

Desligue os aparelhos eletrônicos e desligue-se;

Evite aparelhos eletrônicos: desligue o celular, computador e a  televisão. Na hora de dormir nenhum desses hábitos são recomendados.

Fuja dos estimulantes;

Nada de nicotina, cafeína e álcool: procure não consumir bebidas ou alimentos que contenham cafeína, como café, chá preto, chocolate, refrigerante, entre outros, porque agem como estimulantes, mantendo as pessoas acordadas. Os fumantes, de uma forma geral, tendem a ter um sono leve, em razão da ansiedade, e o álcool também prejudica no sono profundo. Tranquilizantes ou outras drogas estimulantes devem ser evitadas, exceto com acompanhamento médico.

Movimente-se!

Pratique exercícios: exercitando-se de 20 a 30 minutos por dia, fará com que você gaste energia e, consequentemente, o seu corpo precisará descansar à noite. É recomendável que o exercício seja feito de cinco a seis horas antes de ir para a cama.

Prepare o ambiente;

Procure dormir em um ambiente com temperatura adequada, longe de barulho ou distrações. Um ambiente calmo e aconchegante proporciona maior conforto e contribui no relaxamento do corpo e da mente. Travesseiros confortáveis, roupa de cama que não te incomodem e a aquela roupa que você gosta de usar quando quer relaxar…

Relaxe antes…

Que tal um banho morno e gosto? Ou quem sabe uma leitura agradável por alguns minutos?
Beber um chá quente de ervas como hortelã, cidreira, capim santo, camomila, entre outras opções que podem facilitar na hora de descansar e ter uma longa e tranquila noite de sono.

Outros causadores da Insônia

A doença mental e estresse

A insônia é um sintoma e uma causa de depressão e ansiedade. Desde que o cérebro utiliza os mesmos neurotransmissores para o sono e humor, é muito difícil saber que se inicia em primeiro lugar. Situações estressantes ou eventos, tais como dinheiro ou problemas conjugais, muitas vezes, chute a insônia que pode se tornar um problema de longo prazo.

Ronco

Cerca de 30% a 50% das pessoas que roncam, roncam por nenhuma conseqüência. Mas em alguns casos, o ronco é um sintoma de apnéia do sono, uma doença associada a doenças cardíacas, pressão alta e derrame.

O Fuso Horário

Atravessar fusos horários joga fora seu relógio interno, que diz a seu cérebro para dormir quando está escuro e acordar quando está claro. Seu corpo pode demorar até três dias para se adaptarem à nova luz / escuro agenda em outro fuso horário, e se você voar através dos fusos horários, muitas vezes, o jet lag pode causar problemas de sono crônica.

O trabalho por turnos

Uma agenda que é contrário ao horário normal de vigília-sono, como aquelas de médicos, enfermeiros, trabalhadores por turnos ou outros ,podem perturbar o ritmo circadiano do seu corpo. As pessoas que trabalham turnos rotativos têm níveis baixos de serotonina, um hormônio e neurotransmissor no sistema nervoso central, que ajuda a regular o sono, de acordo com um estudo realizado em 2007 na Universidad deBuenos Aires, na Argentina.

As alterações hormonais

Menopausa, menstruação e gravidez são algumas das principais fontes de problemas do sono entre as mulheres. Os seios sensíveis, e micção freqüente interrompem padrões de sono regular. Segundo a National Sleep Foundation, cerca de 40% das mulheres na perimenopausa (aqueles que estão em seus anos detransição para a menopausa) têm problemas de sono.

Doenças médicas

Muitas vezes, dificuldades de sono superfície juntamente com outras condições médicas. Com asma ou doença pulmonar, por exemplo, chiado e falta de ar podeatrapalhar seu sono, particularmente no início da manhã. Se você sofre de insuficiência cardíaca pode desenvolver padrões respiratórios anormais. Parkinson e insônia contaroutras doenças neurológicas como um efeito secundário freqüente.

Drogas

Medicamentos, prescrição , pode atrapalhar seu sono,especialmente se você levá-los perto da hora de dormir ou se a dose for aumentada.Se você notar dificuldades do sono, que coincide com uma mudança em sua medicação, pergunte ao seu médico sobre uma possível ligação.

APP para ajudar a dormir

As vezes o seu Smartphone pode ajudar a dormir melhor. Conheça o Aplicativo Dormir Melhor com Runtastic

O aplicativo Sleep Better (Dormir Melhor) é uma opção para você monitorar a eficiência e os ciclos do seu sono e ainda programar alarmes para incluir hábitos saudáveis diários, tais como: redução do consumo de cafeína, maior prática de exercícios, controle do nível de estresse, para saber como esses e outros fatores alteram na qualidade do seu momento de descanso. Baixe aqui: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.runtastic.android.sleepbetter.lite&hl=pt_BR

Caso a insônia persista, o recomendável é consultar um médico especialista em sono.