Harmonize  o Feng Shui da sua  Casa e da sua Vida. Parte I.

Olá, queridas Amigas e Amigos.

Hoje iniciaremos uma jornada ao conhecimento do Feng Shui e quero iniciar com uma citação de Carl G. Jung que diz: “De um modo que foge completamente à nossa compreensão, o nosso inconsciente também está sintonizado com o nosso meio ambiente, nosso grupo, a sociedade em geral e, além de tudo, com o contínuo espaço-tempo e a natureza no seu todo.”
Tomando por base essa citação pode-se concluir ser impossível crer que o homem é um ser isolado e que vive momentos que não podem ser alterados.

FENG SHUI
(Pronuncia-se fong shuei)
É uma técnica que visa neutralizar as energias negativas (cura pelo Feng Shui).
Surgiu há pelo menos três mil anos. Baseia-se nos cinco elementos (água, terra, fogo, metal e madeira) da astrologia chinesa e no yin (feminino, negativo) e yang (masculino, positivo) que são as energias opostas e na vital Chi.

O Feng Shui utiliza o Ba-Guá que é uma figura geométrica de oito lados, cada lado representa uma subdivisão dos pontos cardeais onde se relacionam com um determinado aspecto como: trabalho, espiritualidade, família, prosperidade, sucesso, relacionamentos, criatividade e amigos.
O princípio do Feng Shui é a energia Chi que quer dizer que tudo tem energia, vida e tudo se transforma e é ligado por essa energia.

Você pode aumentar o Chi mantendo sua casa arrumada, limpa, se desfazendo de objetivo e utensílios que não utiliza mais.

Neste curso rápido, vamos aprender técnicas básicas de harmonizar a sua casa e a sua vida.


Os pensamentos interagem no meio em que vivemos exercendo poderoso efeito em nosso comportamento. Com isso criamos diariamente um método de vida que pode facilitar ou dificultar nosso relacionamento com o restante do cosmo. O ambiente em que vivemos determina nossa qualidade de vida. Todos os membros da família ou aqueles que moram no mesmo ambiente são afetados e influenciados pela energia que circula no local.
Assim como dependemos da respiração para viver, uma casa ou qualquer outro ambiente precisa do ar para se tornar vital. Enquanto dormimos o corpo relaxa entrando em sintonia com a energia que circula pela casa interagindo com o meio ambiente. Uma pessoa que vive num ambiente opressor torna-se oprimida e opressora. Quando a mente não está em sintonia com o restante do cosmo, o corpo padece ficando doente e outras áreas da vida podem adoecer: saúde financeira, saúde afetiva, etc.

Toda doença ocorre primeiro no campo eletromagnético e depois se manifesta no físico. Podemos evitar problemas de saúde através da perfeita harmonização do ambiente em que vivemos. Desta forma, aqui cabem algumas considerações: a casa, apartamento ou comércio onde você mora ou trabalha são reflexos fiéis de quem você é. Se sua vida não está de acordo com seus anseios acarretando insatisfações nas áreas profissional, emocional, afetiva, dentre outras, a casa é quem dá os primeiros sinais, antes mesmo de qualquer acontecimento ou dificuldade que você venha a sofrer.

Vamos iniciar com um exercício que é muito eficaz. Chamamos, esse exercício, de “Eu Sou o Qi”. Através desse exercício você identificará se seu imóvel está saudável ou não e mais adiante terá contato com as áreas que podem estar sendo afetadas em sua vida.

– Sente-se confortavelmente e respire tranquilamente até sentir-se relaxado;
– Feche os olhos e visualize estar diante da porta da sua casa, seu apartamento ou seu comércio;
– Abra a porta, entre devagar e respire o ar que circula no ambiente; caminhe pelo ambiente e sinta se algo atrapalha enquanto você caminha, se existe algo no caminho que impede seu caminhar, se tem algum canto em especial que gosta ou não. Continue mentalmente caminhando pelos cômodos da sua casa, movendo-se dentro do ambiente e, então, escolha um local para sentar-se. Acomode-se, fique em silêncio, deixe que sua energia entre em contato com a energia do imóvel.
– Abra os olhos quando sentir oportuno e responda: Qual sensação você tem dos ambientes? Há algum ambiente em especial que lhe causa mal estar?
Algum local está escuro?
Ou há excesso de claridade que possa incomodar você?
Algo no ambiente lhe desagrada (seja móvel, cor, objetos de decoração, etc.)?
O que você mudaria no interior da sua casa (cores, móveis, paredes, ventilação), ou seja, o que não o satisfaz ou não está de acordo com seus anseios?
Anote tudo, assim terá identificado parcialmente a energia que circula no seu imóvel.


Algumas observações:
– as portas devem abrir e fechar normalmente, ou seja, sem rangido; caso isso ocorra coloque graxa ou providencie a recuperação necessária a elas.
– as gavetas dos armários devem deslizar normalmente ao abrir e fechar.
– a porta do box deve estar em perfeito estado, sem rachaduras, trincados, mofo, gorduras.
– todas as lâmpadas precisam acender e caso tenha alguma queimada substitua imediatamente e não deixe nenhum bocal vazio.
– todas as chamas do fogão devem acender e funcionar; ao cozinhar, se você não usa todas as bocas, vá alternando diariamente. Utilize todas elas sem ter preferência por uma ou outra.
– arrume ralos, calhas, canos obstruídos, vazamentos, umidade, etc.
– faça uma faxina no que você não usa ou está quebrado: roupas, calçados, objetos de decoração, brinquedos, móveis, etc.

Tudo isso e diversos outros itens fazem com que haja restrições na circulação de energia da casa causando problemas na saúde física ou problemas de relacionamentos. Muitas vezes parecem situações que não têm a mínima importância já que existem outros problemas na vida, e muito mais difíceis de serem resolvidos. Porém, lembre-se que tais situações podem ser causas que desencadeiam tais problemas.

Inicie hoje a faxina em sua casa para permitir o fluxo de energia. Continuaremos na próxima semana.

Desejo a você boa sorte.

Namastê!

Aula da Terapeuta Sandra Trovo do Ceatra Cursos.
www.ceatracursos.com.br