Ninguém morre

Não reclames da Terra Os seres que partiram… Olha a planta que volta Na semente a morrer. Chora, de vez que o pranto Purifica a visão. No entanto, continua Agindo para o bem. Lágrima sem revolta É orvalho da esperança. ...

Saiba mais...