Crianças alérgicas exigem cuidado com os ácaros no quarto

Os ácaros (esses pequenos artrópodes) adoram um calorzinho e umidade e ficam acumulados em cobertores, bichos de pelúcia, travesseiros, colchões, tapetes e cortinas

Ácaro é o nome comum de aproximadamente 30.000 espécies de aracnídeos diminutos, semelhantes a carrapatos, possuindo a cabeça, tórax e abdômen unidos num corpo segmentado, porém, com tamanho muito inferior e impossível de ser visto a olho nu.

Ácaro da poeira.

Eles pertencem à família das aranhas e não causam nenhum dano a não ser que você seja alérgico a eles. Fragmentos microscópicos dos ácaros são facilmente suspensos no ar, quando a poeira da casa é levantada, e são facilmente inalados por todas as pessoas que estão no ambiente. Quando proteínas (alérgenos) desses fragmentos entram em contato com o Sistema Imunológico de um paciente alérgico inicia-se uma reação alérgica.

Seres minúsculos, com menos de um milímetro de comprimento, podem fazer diferença na vida das crianças – e muita -, se elas sofrem de alergias respiratórias. Espalhados por tapetes, cortinas, travesseiros, guarda-roupas e bichos de pelúcia, os ácaros pioram os sintomas de quem tem rinite, asma ou bronquite, em menor ou maior escala. Saiba como diminuir a proliferação desses bichinhos na sua casa e evitar o sofrimento do pequeno.
Como explica o alergista Luis Felipe Ensina, diretor da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ASBAI), os pequenos artrópodes gostam de calor e umidade e se alimentam de fungos e de restos de pele. Por isso, é comum a presença dos ácaros em lugares e objetos mal ventilados, como armários, tapetes e colchões, ou em brinquedos e bichinhos de pelúcia expostos nas prateleiras.
“Quando a criança alérgica entre em contato com o ácaro, ela terá uma crise do quadro de rinite ou de asma”, explica o alergista. Para evitar ao máximo esse contato, é preciso manter a casa limpa e bem ventilada, principalmente o quarto do pequeno. Colchões e travesseiros podem ser protegidos com uma capa antiácaro, que não esquenta e impede a passagem dos bichinhos.
Já para proteger os guarda-roupas, existem produtos acaricidas, mas que têm eficácia discutível, segundo o alergista. O mais indicado é tirar as roupas do armário e limpá-lo com frequência. Casacos e roupas de lã acumulam ácaros com mais facilidade. “No inverno, antes de usar as roupas do fundo do armário, o ideal é lavá-las”, aconselha o especialista.
Brinquedos também acumulam ácaros. A dica é guardá-los dentro de uma caixa de plástico bem vedada, para evitar o acúmulo de poeira. Estender tapetes, cobertores, roupas de cama e roupas do fundo do armário no sol também vale para expulsar os ácaros da sua casa, assim como abrir as janelas e cortinas e deixar o sol entrar.

Como evitar os Ácaros

Confira abaixo estas valiosas dicas:
  1. Lave sua roupa de cama com água quente, por pelo menos 1 vez na semana.
  2. Deixe mais arejada sua casa.
  3. Utilize o aspirador em seu colchão frequentemente.
  4. Utilize lençol de algodão, cobertas com capas e fronhas que possam ser limpas várias vezes em água quente.