Pergunte para a vela. Ela responde.

Meditação com Velas e seus segredos

De maneira certa e séria dá para usar velas em um processo adivinhatório usado desde muito tempo pela humanidade.
Com perguntas onde cabem um sim ou não, este método é muito interessante e se for bem feito pode ajudar em situações de difícil solução.


Adivinhação com Velas

Acenda uma vela. Mantenha-a acesa por algum tempo, uns 30 minutos, sem correntes de ar por perto. Faça uma pergunta de “sim” ou “não”. Sente-se em silêncio e observe a vela: se o lado direito queima mais rápido que o esquerdo, a resposta é sim, caso contrário a resposta é não. Quando acender uma vela para determinar influências futuras, o lado direito significa boa sorte. Se o lado esquerdo queimar mais rápido, as perspectivas não são as melhores.

Adivinhação com Três Velas

Prepare 3 velas, todas da mesma cor e em suportes idênticos, num local sem vento. Coloque-as em triângulo e acenda-as. Se a chama de uma brilhar mais que as outras, um período de boa sorte o aguarda. Se uma chama se apagar, representa um período de dificuldades. Se as chamas se movem em círculos, alguém está trabalhando contra você. Fagulhas que saltam, são também sinais negativos. Se todas as velas queimam uniformemente, sem problemas e em paz, assim será a sua vida.
Fonte:
http://almanaquemistico.blogspot.com.br/

A ligação do Novo com o Velho.
Simpatias são ensinamentos passados de geração para geração. É a ligação do novo com o velho, em busca de uma energia que nos ajude a superar as dificuldades e a conquistar nossos objetivos.

A palavra Simpatia vem do Latim SIMPATHIA, “comunhão de sentimentos”, do Grego SYMPATHEIA, “capacidade de sentir o mesmo que outrem, de ser afetado pelos sentimentos alheios (positivos ou negativos)”, formada por SYN-, “junto”, mais PATHOS, “sentimento”.

O sentido de “ser visto como agradável por outra pessoa.