Esta é a famosa e Tradicional Simpatia do Lenço de Dinheiro, que é para nunca faltar dinheiro na sua vida.

Simpatia do Dinheiro no Lenço
Ela era muito conhecida pelos italianos mais antigos, depois foi adotada pelos portugueses que trouxeram-na para o Brasil.
Dizem que quem começa o ano com esta simpatia não terá problemas com dinheiro o ano todo, então, vamos lá não é?
Aproveite séculos de conhecimento para virar ter um ano com muita sorte!

Como fazer a Simpatia do Lencinho do Dinheiro

Temos 2 fórmulas, a primeira para o final de ano, uma simpatia da virada, e a outra para o ano todo, que você pode fazer em qualquer mês, mas tem que ser no Sábado, somente neste dia se você for fazer fora do último dia do ano.

Para qualquer dia do ano:

Simpatia do Lenço de Dinheiro

Compre um lenço de qualquer cor, basta ser novo e no Sábado, entre as 8 da manhã e até as 23 horas no máximo,  molhe-o e coloque-o para secar. ……
Antes de o sol nascer, no Domingo, recolha o lenço e amarre dentro dele algumas moedas. Só abra esse embrulho na meia-noite do próximo 31 de dezembro. Daí para frente, nunca mais há de faltar dinheiro.

Para quem vai fazer na Virada do Ano

Compre um lenço de qualquer cor, basta ser novo e na noite de 31 de dezembro, exatamente na hora da passagem do ano novo, molhe-o e coloque-o para secar. ……Antes de o sol nascer, recolha o lenço e amarre dentro dele algumas moedas. Só abra esse embrulho na meia-noite do próximo 31 de dezembro. Daí para frente, nunca mais há de faltar dinheiro.

Fica a Dica:

A ligação do Novo com o Velho.
Simpatias são ensinamentos passados de geração para geração. É a ligação do novo com o velho, em busca de uma energia que nos ajude a superar as dificuldades e a conquistar nossos objetivos.

A palavra Simpatia vem do Latim SIMPATHIA, “comunhão de sentimentos”, do Grego SYMPATHEIA, “capacidade de sentir o mesmo que outrem, de ser afetado pelos sentimentos alheios (positivos ou negativos)”, formada por SYN-, “junto”, mais PATHOS, “sentimento”.

O sentido de “ser visto como agradável por outra pessoa” não existe em todos os idiomas.