Terça-feira do anjo do amor

Viva o amor!
Viva o amor!

Prepare-se para terças-feiras de Tratamento do Amor com o Arcanjo Anael.

Os anjos vão dar uma força para quem está só, para quem precisa resolver uma situação amorosa complicada, renovar os votos de amor, e muito mais!
Prepare-se desde já para a nossa terça-feira do amor.

Terça-Feira é dia de Anjo do Amor, é dia de mudar a sua forma de se relacionar com as energias do amor, viver o amor, ampliar o amor.

O Amor quer morar na sua casa!
É tempo de conquistar o que você deseja. Força e determinação.



Ritual da Terça feira do Amor

Um ritual com o Anjo Anael para abrir as “porteiras do amor” e até para mulheres que querem engravidar e não estão conseguindo (Não por falta da prática, por favor…rsss).
Uma força a mais para quem está só, vivendo a dor de uma separação ou muitas brigas no relacionamento.

Faça assim:
Na terça-feira, entre 20 e 23 horas, (nem antes e nem depois), acenda uma vela branca simples e coloque em um prato em um lugar alto e segura (em cima da geladeira por exemplo).
Escreva em uma folha de papel o seu pedido acrescentando a segunite Oração:

Anjo Anael, arcanjo do amor, eu peço a sua intervenção no pedido que faço abaixo e se for para o bem de todos envolvidos que tudo se esclareça e se resolva o mais rápido possível:
Eu, paulo desejo que…(escreva o seu desejo de forma resumida).

Dobre esse papel e coloque embaixo do prato com a vela.
Faça a sua oração de fé (Pai Nosso, Ave Maria ou outra).
Se você for ficar em casa, deixe a vela queimar e perto do fim, queime o papel com o seu pedido na chama dessa vela. Abra a porta ou a janela de casa e sopre as cinzas que ficarem no prato.
Pense nesse momento no que mais deseja…

Se for sair, apague a vela antes de sair e acenda de novo quando voltar, queimando o papel antes das 23 horas!
Pode repetir por 4 semanas.



image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +