Salmo do dia 07/02

Salmo do dia 07 de fevereiro

SALMO 147 – Salmo que abençoa o Lar.



Faça a leitura deste Salmo na sua casa, para buscar a proteção desse Templo que é o seu Lar.
1 Louvai ao Senhor; porque é bom cantar louvores ao nosso Deus; pois
isso é agradável, e decoroso é o louvor.

2 O Senhor edifica Jerusalém, congrega os dispersos de Israel;

3 sara os quebrantados de coração, e cura-lhes as feridas;

4 conta o número das estrelas, chamando-as a todas pelos seus nomes.

5 Grande é o nosso Senhor, e de grande poder; não há limite ao seu
entendimento.

6 O Senhor eleva os humildes, e humilha os perversos até a terra.

7 Cantai ao Senhor em ação de graças; com a harpa cantai louvores ao
nosso Deus.

8 Ele é que cobre o céu de nuvens, que prepara a chuva para a terra,
e que faz produzir erva sobre os montes;

9 que dá aos animais o seu alimento, e aos filhos dos corvos
quando clamam.

10 Não se deleita na força do cavalo, nem se compraz nas pernas do
homem.

11 O Senhor se compraz nos que o temem, nos que esperam na sua
benignidade.

12 Louva, ó Jerusalém, ao Senhor; louva, ó Sião, ao teu Deus.

13 Porque ele fortalece as trancas das tuas portas; abençoa aos
teus filhos dentro de ti.

14 Ele é quem estabelece a paz nas tuas fronteiras; quem do mais fino
trigo te farta;

15 quem envia o seu mandamento pela terra; a sua palavra corre mui
velozmente.

16 Ele dá a neve como lã, esparge a geada como cinza,

17 e lança o seu gelo em pedaços; quem pode resistir ao seu frio?

18 Manda a sua palavra, e os derrete; faz soprar o vento, e correm as
águas;

19 ele revela a sua palavra a Jacó, os seus estatutos e as suas
ordenanças a Israel.

20 Não fez assim a nenhuma das outras nações; e, quanto às suas
ordenanças, elas não as conhecem. Louvai ao Senhor!

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +