Ritual da Vela Violeta para libertação e conquistas

Ritual da Vela Violeta – Limpando energias na sua vida



As velas são objetos de ligação com o Divino desde muito tempo, representam o fogo que transmuta, que troca energias, levam para “o alto” nossos desejos, sejam eles quais forem.

Ritual da Vela Violeta

As velas simbolizam a transformação da vontade em energia!

Essa energia é transformada em uma força sútil, invisível aos olhos, mas que com certeza tem um poder.

RITUAL DA VELA VIOLETA PARA AFASTAR O MAL

Para fazer esse ritual de libertação, recomendamos que você siga-o exatamente o que está determinado, para demonstrar a sua necessidade de mudança e o seu desejo e certeza de que a mudança vai acontecer conforme o desejo da sua alma.

Durante 7 dias, sempre ás 7 da manhã, você vai acender uma vela Violeta (pequena e fina) segurando a vela e visualizando o seu problema e a solução que você espera ou deseja, e vai ler o trecho do Salmo 7 abaixo,  e recitar essa afirmação segurando a vela:

“Chama de poder, chama de amor, traga-me o desejo do meu coração e livra-me de todo o mal!”

E, por fim, faça a sua Oração preferida (exemplo o Pai Nosso, o Credo, ou outra oração de seu agrado).

Apague a vela quando acabar de fazer sua Oração, se for sair de casa, mas se puder esperar ela queimar até o fim, melhor ainda.
Se desejar, escreva os seus pedidos em uma folha de papel em branco e coloque dobrado embaixo do prato ou local onde for acender a vela.

Altar da família em casa
(O ideal é ter um altar, ou um cantinho de orações na sua casa, veja como fazer o seu Altar de orações aqui

 

Salmo 7 contra o Mal, contra energias negativas e libertação.

Senhor meu Deus, em ti confio;
salva-me de todos os que me perseguem, e livra-me;
Para que ele não arrebate a minha alma, como leão, despedaçando-a,
sem que haja quem a livre.
Senhor meu Deus, se eu fiz isto, se há perversidade nas minhas mãos,
Se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo
(antes, livrei ao que me oprimia sem causa),
Persiga o inimigo a minha alma e alcance-a;
calque aos pés a minha vida sobre a terra, e reduza a pó a minha glória.
Levanta-te, Senhor, na tua ira;
exalta-te por causa do furor dos meus opressores;

e desperta por mim para o juízo que ordenaste.
Assim te rodeará o ajuntamento de povos;

por causa deles, pois, volta-te para as alturas.
O Senhor julgará os povos; julga-me, Senhor, conforme a minha justiça,

e conforme a integridade que há em mim.
Tenha já fim a malícia dos ímpios; mas estabeleça-se o justo;

pois tu, ó justo Deus, provas os corações e os rins.
O meu escudo é de Deus, que salva os retos de coração.

Eu louvarei ao Senhor segundo a sua justiça,
e cantarei louvores ao nome do Senhor Altíssimo.

Que assim seja!
Faça a sua oração de fé, embrulhe os resíduos da vela, se sobrar, e descarte no lixo mesmo.

Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +