Revolução da Alma

Este é um texto que escrevi em 2002, e está no meu livro Quando é Preciso viver (infelizmente esgotado). Assista ao vídeo e se ver por ai dizendo que o texto é de Aristóteles não se deixa iludir, apenas sorria.

[email_link]

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +

5 thoughts on “Revolução da Alma

  1. Fantástico… Perfeito… Como tantos outros textos seus que já li… Você expressa muito bem o que sentimos e desejamos da vida…
    Parabéns pelo talento e dom…E obrigada por não guardar isso, dividir com todos nós…
    Deus o abençoe! Bj no coração. Juh

  2. Quero apenas dizer que compreendo seu desabafo. Você tem toda a razão. Injusto que coloquem nomes de outros autores em textos de sua autoria. Salvo engano isso seria ilegal,não? E os direitos autorais? Estou informado a amigos que o texto é seu. Preferem acreditar que seja de Aristóteles. Pensando bem só aqueles que não tem conhecimento podem acreditar, pois seu estilo é moderno, do nosso tempo. Apesar dos problemas, espero que não desista de escrever, de passar adiante seus pensamentos. Eta vontade de descobrir quem é que faz essas trocas. Pessoas muito sem respeito.

  3. Hoje acordei e, procurando algo numa gaveta, encontrei o texto em questão, creditado a Aristóteles.
    Chegou na hora certa, aliás, a hora sempre é a certa…
    Senti que seria bom compartilhar o texto, e quando sinto essas coisas, simplesmente obedeço, na certeza de que alguém, ou “alguéns”, está precisando lê-lo também.
    Mas, como achei a linguagem muito moderna para ser de Aristóteles, resolvi pesquisar primeiro, e encontrei seu site.
    Agora vou repassá-lo com a devida correção, e certamente voltarei a este site, pois sei que encontrarei textos tão bons e até melhores.

    PARABÉNS!!

    Sandra Barroca

  4. Hoje, ao procurar algo numa gaveta, encontrei o referido texto, que chegou na hora certa. Aliás, a hora sempre é a certa…

    Ao mesmo tempo, senti que precisava compartilhar o texto, e quando sinto essas coisas simplesmente obedeço, pois imagino que alguém, ou “alguéns”, pode estar precisando…

    Mas, como achei que ele tinha uma linguagem muito moderna para ser de Aristóteles, pesquisei antes de compartilhar e descobri este site.

    Agora, vou repassá-lo com a autoria correta e certamente voltarei para dar um passeio no seu site, com a certeza de que encontrarei outros textos tão bons ou melhores do que este.

    Parabéns

    Sandra Barroca

Comments are closed.