Receitas saudáveis com Bardana

RECEITAS COM A BARDANA.

SAÚDE NO PRATO

Benefícios da Bardana para a saúde



A raiz da bardana também possui muitas propriedades importantes para a saúde, como o combate de cálculos renais, reumatismo e problemas de vesícula.

Não se pode esquecer que a maioria de suas propriedades estão concentradas na casca e por isso é de extrema importância não retirá-la.

Quando cozida, a bardana apresenta um aspecto escurecido, o que é normal pelo fato de possuir ácido tânico, uma substância sem sabor e inofensiva ao organismo. De acordo com nutricionistas, a raiz da bardana apresenta qualidades como o fornecimento de proteínas, glicídios, fibras, cálcio, fósforo, ferro, vitamina A, vitamina B1, riboflavina e niacina, além de ser uma rica fonte de sais minerais.

Além das ações terapêuticas citadas, a bardana possui outras propriedades como purificar o sangue, curar picadas de insetos, torções, hemorróidas, enfermidades crônicas da pele, acnes, eczemas, pruridos, seborréia da face, herpes, vesícula inflamada, cálculo biliar, hepatite viral, cirrose e por isso tem sido largamente estudada e utilizada em laboratórios farmacêuticos.

Até mesmo a queda de cabelo pode ser tratada com bardana, neste caso é utilizado o óleo extraído da planta.

A tradicional Kinpira Gobô

A receita de Kinpira Gobo tradicional japonesa com Bardana



INGREDIENTES
1 raiz de bardana grossa
⅓ cenoura
½ pimenta vermelha fatiada finamente
1 colher (sopa) de óleo de gergelim
½ colher (sobremesa) de Hondashi
½ xícara de água
½ colher (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de shoyu
1 colher (sopa) de mirin
1 colher (sopa) de gergelim branco

MODO DE PREPARO
Raspe a casca da raiz de bardana com as costas da faca e corte-a em tiras de aproximadamente 5 a 6 cm de comprimento e 5 mm de espessura.
Coloque as tiras em um recipiente com água por aproximadamente 5 minutos. Depois, escorra bem usando uma peneira.
Corte a cenoura da mesma forma que a raiz de bardana.
Em uma frigideira, aqueça o óleo de gergelim e adicione a raiz de bardana e a cenoura. Tempere com Hondashi.
Quando os vegetais estiverem levemente refogados, acrescente a água, o shoyu, o mirin, o açúcar e a pimenta vermelha, misturando tudo até que o líquido evapore.
Finalize com o gergelim branco.

Bardana refogada no molho de soja:

Ingredientes:
2 Raízes de bardana
1 cebola pequena bem picadinha
1 dente de alho amassado
1 copo de molho de soja (shoyu)

Lavar bem as raízes para retirar toda a terra, já que a casca será ingerida;
Picar a bardana em tiras finas ou pequenos cubinhos;
Colocar a cebola picada bem pequena, o alho e o azeite na panela até dourar;
Adicionar a bardana picada e o molho de soja;
Deixar a bardana cozinhar no shoyu até secar;
Retirar da panela e servir.

Pode ser servida pura, adicionada ao arroz, ao macarrão, sopas e saladas.

SOPA FUNCIONAL COM BARDANA

Sopa Funcional (vegana)
Ingredientes

1 abóbora-japonesa com casca
1 maço de cebolinha
2 pimentões verdes
3 tomates sem pele
1 maço de aipo (ou salsão)
1 repolho grande (ou 1 maço de couve)
1 cebola grande
3 cenouras sem casca
1 nabo ou bardana sem casca
3 xícaras de vagem picada (ou ervilha fresca)
Sal, pimenta-caiena, curry, salsa e sálvia a gosto

Preparo

Pique as folhas e os legumes. Coloque numa panela, cubra com água e ferva por 10 minutos. Abaixe o fogo mantendo o ponto de fervura por 40 minutos. Tempere a gosto. Congele em porções. Se quiser, acrescente 2 colheres (sopa) de arroz integral na hora de consumir.

Dica – Saborosa, essa receita pode substituir uma refeição.

Rendimento: 10 porções

Fonte: Boa Forma

Patê de Bardana (RECEITA VEGANA)


Ingredientes

1 raiz de bardana de tamanho médio
1 dente de alho
1/2 cebola
1 colher (sopa) de azeite
Shoyu
Tofu cremoso a gosto para dar liga
Gergelim torrado na frigideira

Preparo

Leve muito bem a raiz de bardana com uma escovinha para tirar os resíduos de terra. Corte em fatias finas, sem descascar. Refogue a cebola e o alho picados em azeite e acrescente a bardana fatiada. Regue com um pouco de shoyu e deixe cozinhar até que a bardana esteja macia, mas não molenga. Passe tudo num processador. Despeje numa tigela e acrescente o tofu aos poucos, só até dar liga. Prove. Se precisar, ponha mais shoyu. Leve à geladeira.

Dica – Sirva sobre pão preto, de preferência de 7 grãos, com o gergelim por cima.
Fonte: Cantinho Vegetariano

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +