Poderoso banho de descarrego e equilibrio

Banho de descarrego com a rama de cenouras
A Natureza é sábia e traz todos os remédios embutidos em plantas, raízes, flores e frutos.

Hoje vou ensinar um poderoso banho de equilíbrio energético que visa acertar os seus eixos (ihhh o que eu conheço de gente que está fora dos eixos, hoje mesmo, pela manhã vi uma no espelho quando estava me barbeando rsss).
Pois bem, esse banho é aquele especial para as noites de sexta-feira ou sábado, para eliminar todas as energias ruins que carregamos durante a semana.
Banho de Descarrego com ramas de cenoura.
Na verdade, esse banho é melhor se feito com folhas de Pitanga, mas como eu sei que anda difícil achar folhas de Pitanga, as ramas de cenoura que nas feiras são até jogadas fora (uma pena!), são “excelentes cortadoras de negatividades” . Ela coloca cada coisa no seu lugar, e assim, a sua vida segue mais leve, e em equilíbrio.



O que vamos precisar para o Banho:
Água (em São Paulo ta virando raridade!) aproximadamente 1 litro e meio de água
um punhado de ramas de cenoura. (não precisa exagerar hein Pernalonga…)
Coloque a água para ferver, quando começar a levantar fervura, abaixe o fogo e coloque as ramas…
Deixe ferver 3 minutos…
Apague o fogo e coloque uma tampa na panela para abafar…
Deixe amornar…
Enquanto isso, prepare o seu banho normal e se puder, prepare uma roupa bem confortável (a mais velhinha e gostosa que você tiver, se possível com peças claras, evite qualquer roupa com a cor escura)

O banho de descarrego.
Veja se o preparado já está morno e leve a panela para o banheiro.
Tome o seu banho normal (sem demorar muito).
Desligue o chuveiro.
Feche os olhos e faça uma prece aos anjos, santos ou o Pai Nosso.



Peça proteção, libertação, paz, energias positivas, amor e prosperidade.
Pegue a água morna do banho e despeje do pescoço para baixo e imagine-se sendo lavado de todo o mal, o mal, o cansaço, as dores, as frustrações descem pelo ralo do chuveiro.
Agradeça ao Universo, a Deus, a Oxalá, a Buda a quem você acredita governar o Universo.
Enxugue-se com apalpadas da toalha, não se esfregue.
Jogue as ramas que sobraram do banho no lixo.

Durma bem, como passarinho(a)!
Paulo Roberto Gaefke


Deixe seu comentário. Facebook.
image_pdfimage_print

Comments are closed.

About Gaefke

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +