Onda do bem

Onda do Bem!
(espalhe essa onda)
Por Paulo Roberto Gaefke em 08/06/2009

Você pensa que são poucos, e na verdade são muitos:
– os que jogam papéis nas ruas;
– os que bebem além da conta;
– os que tem um caso fora do casamento;
– os que usam drogas;
– os que brigam no trânsito;
– os que não suportam o sucesso dos outros;
– os que maltratam os animais;
– os que maltratam as crianças e os idosos;
– os que não ouvem conselhos;
– os que começam alguma coisa e não terminam;
– os que falam, mas não fazem, pedem, mas não dão;
– os que podem fazer muito pelo próximo, mas não fazem nada...

Você pensa que são muitos, mas na verdade são poucos:
– os que doam sangue com regularidade;
– os que doam seus órgãos e avisam a família;
– os que falam do bem e assim agem;
– os que defendem a justiça plena;
– os que visitam doentes e presidiários desconhecidos;
– os que reciclam seus lixos;
– os que cuidam da saúde (quando estão saudáveis);
– os que verdadeiramente buscam a Deus;
– os que se importam com o próximo;
– os trabalhadores da seara bendita;
– os que dizem sim para o trabalho voluntário;
– os que se importam com você.

Pense nisso!
Engrosse as fileiras do bem!
Aliste-se no exército do amor fraterno, doe-se, participe, faça a diferença na vida de alguém.
Comece pela sua:
abandone um vício,
doe sangue;
melhore a sua alimentação;
exercite-se;
valorize a vida, enquanto pode,
perdoe, reconcilie-se com todos.

Viva a simplicidade de depender de muito pouco para ser feliz.

É só começar, a onda do bem vai se espalhar.

espalhe essa onda
Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br
www.oolong.com.br

[email_link]

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +

Comments are closed.