O poder da oração de N.S.da Rosa Mística

A verdadeira Oração a Nossa Senhora da Rosa Mística
Uma amiga que passou por todas as dificuldades possíveis, inclusive traição do marido, perdeu a casa, passou muita humilhação em casa de parentes e quase passou fome com seus 3 filhos, deu a volta por cima e hoje me passou o seu “segredo” de recuperação de tantos problemas e ao lado do seu novo esposo, uma pessoa super do bem com quem já vive a mais de 5 anos, ela fala com o coração aberto que uma senhora muito amiga de sua mãe, ensinou-lhe uma maneira diferente de orar para Nossa Senhora da Rosa Mística e em poucos dias sua vida começo a mudar.
Peça e receba passo a passo como fazer de maneira diferente para cada tipo de problema, seja relacionamento difícil, falta de grana ou saúde.
Muito importante, descreva abaixo apenas a sua maior necessidade hoje!

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Sua maior necessidade



É, certamente, um dos santos mais populares do Brasil, cuja devoção nos foi trazida pelos portugueses. Nasceu por volta do ano 1526, em São Filadelfo, nas proximidades de Messina, na Sicília (Itália). Nascido de pais escravos – levados da Abissínia (atual Etiópia) para a Itália – ele sofreu preconceito desde pequeno.


Por sua pele negra foi ridicularizado, chamado de “o mouro”. Trabalhou como pastor de rebanhos. Era irmão Franciscano. Em 1578 foi nomeado guardião ou superior do convento, cargo que aceitou com muita resistência por ser analfabeto. Foi admirado por todos, a todos dedicando profundo respeiro, amor desinteressado, condescendência pelas faltas e fraquezas alheias, zeloso e carinhoso com os doentes e necessitados, terno e sábio. Possuía o dom de penetrar as mentes e os corações.


A tradição popular enriqueceu sua vida com numerosos milagres. Terminou os seus dias como cozinheiro. Morreu no dia 4 de abril de 1589
(Fonte: http://www.comamor.com.br/be

Deixe seu comentário. Facebook.
image_pdfimage_print

Comments are closed.

About Gaefke

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +