O anjo e o amargurado

homem de van gohg
Uma história que os anjos me contaram. Ria, mas pense…

Você foi feito para a vitória e em todos os momentos pode contar com a ajuda dos anjos.
A única pessoa que pode atrapalhar o seu sucesso, é você mesmo, quando deixa de acreditar no seu potencial e coloca um monte de problemas na frente dos seus sonhos.
Assim, muita gente anda amarga, reclamando da sorte, da vida e dos amigos, tem sempre uma resposta na ponta da língua para os seus fracassos, e nunca, jamais, admitem os seus erros, sempre existe um culpado, ou é o governo, ou um sócio ladrão, ou uma puxada de tapetes do banco, de um fornecedor, e outros “safados” (na visão deles).

Outro dia, um anjo chamado Filomeno, mandou-me o seguinte diálogo: após receber a incumbência do “Senhor” para ajudar o “Seu José das Dores”. Nosso anjo, segue para a casa do irmão pedinte, e logo de cara percebe a bagunça que a casa está, uma confusão de louça suja, fumaça de cigarro, chão por varrer e outras porqueiras que transformavam aquele ambiente em um celeiro de péssimas “sugestões”. Em volta do Sr. José, uma nuvem cinza-escuro mostrava o tipo de pensamento que ele estava tendo…

Nosso anjo amigo, aproxima-se e tenta mandar uma primeira mensagem de conforto e modificação:
– Seu José, arrume-se! Faça a barba, de um jeitinho nessa casa… e imediatamente o Sr. José responde…
Que besteira é essa de pensar em arrumar esse lixo, arrumar prá que? Não tenho dinheiro prá nada, visita não aparece mesmo… Fazer a barba prá que? Nem arrumar emprego eu consigo…fazer a barba prá que?
Nosso anjinho não desiste e fala no ouvido do nosso irmão:
– Seu José, vamos até o Centro das Indústrias, lá deve haver um curso gratuito para o Senhor.
O Senhor José que já sentiu as palavras do anjo e se arrepia todo quando pensa na Escola onde vários amigos se formaram em diversos cursos gratuitos:
– Eu não quero estudar nada, eu já sou profissional, tenho profissão, a culpa é do governo que não faz nada para aparecer mais empregos…



Nosso anjinho já começa a sentir saudades do céu, mas ele prometeu para o “Senhor” que iria ajudar o Seu José das Dores, mas, o que fazer?
Então, ele teve uma idéia, iria conseguir um prêmio em uma das loterias da época, afinal era a única maneira daquele homem conseguir um pouco de estímulo. rapidamente foi até os seus superiores e conseguiu a liberação de um “prêmio bem razoável” em uma loteria de números…

Nosso anjinho volta correndo e traz os números premiados para nosso “José das Dores”. Aproxima-se e sopra em seu ouvido os números que iriam mudar a vida do nosso amigo. José, pensa naqueles números e já imagina-se milionário, já começa a pensar no carrão, na casa nova, na piscina, mulheres, e viagens, muitas viagens. Enquanto pensa, sonha com o futuro e adormece, inutilmente nosso anjinho grita ordens no ouvido do José, inutilmente ele tenta lembrar o seu José do fechamento da Casa Lotérica, era o último dia e dentro de uma hora tudo iria fechar…

Não deu certo, Seu José não acordou, acabou babando no sofá velho, dormiu mais de duas horas e quando despertou falou bem alto:
– Droga de vida, era só um sonho, eu sabia que ganhar na loteria não era coisa prá mim. Deus não se lembra de mim, me esqueceu aqui nesse canto imundo…
Ainda bem que você não se parece nem um pouco com o Seu José das Dores, não é mesmo?
Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke
[email_link]
compartilhe

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +

One thought on “O anjo e o amargurado

  1. Envie nos sempre essas mensagens,pois, as mesmas nos faz refletir ssobre quem somos e o que podemos ser, confaindo em DEUS e pedindo direção a ele, porém precisamos fazer a nossa parte, pois, DEUS nos deu o livre arbitrio para decidirmos sobre como agir, devemos sempre procurar agir de forma correta e coerente, porém DEUS Contribui com aqueles que lutam, PRECISAMOS ACREDITAR SEMPRE.

Comments are closed.