Não se acostume com a dor


Quando a dor visita a nossa vida, parece que nunca vem sozinha,
problemas financeiros atraem problemas no relacionamento,
o relacionamento ruim atrai a desmotivação,
sem motivação nos abatemos,
abrimos portas para as doenças físicas,
e assim, parecemos um barco numa tempestade,
perdemos o rumo e tudo parece que vai afundar.

Muitos até começam a desejar o fim, e outros apressam o fim,
como se isso fosse a solução.


Quando o barco da sua vida,
sentir a força dos ventos contrários,
não espere afundar, chame um capitão de verdade,
peça ajuda ao grande comandante do nosso destino,
aquele que ordena ao vento e ao mar,
o que chega carregando uma luz, iluminando a escuridão da sua noite,
trazendo o curativo para a sua dor,

Jesus carrega o bálsamo do amor.
Ele consola, ampara, cura e restaura,
segue ao seu lado em meio a solidão do mundo,
pois o mundo pode até te abandonar,
mas Jesus sempre estará contigo.

Não se acostume com a dor!
Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu…
Paulo Roberto Gaefke no Google +

2 thoughts on “Não se acostume com a dor

  1. nunca fui de reclamar de dores mas desta vez e serio foi adiada 1 cirurgia a 2 anos atras por 1 gripe muito forte mas asdores voltou e tenho ke fazer essa cirurgia mas confio em meu gde cirurgiao ke e Jesus Cristo, jamais me abati pela dor pork sei ke ele esta em meu barco!

  2. Bom dia,é verdade as vezes convidamos a dor para sentar.Eu já fiz isso,já não faço mais.
    Linda msg!!!
    Paz e luz!!
    Sandra

Comments are closed.