Microfranquias para todos em 2018

Microfranquias, para quem quer começar o seu próprio negócio com baixo investimento.

Para quem tem pouco capital, as microfranquias surgem como uma excelente opção de negócio.




Modelos enxutos das Franquias, o segmento de microfranquias vem ganhando cada vez mais espaço e já é uma das maiores apostas do franchising para continuar crescendo. Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), os modelos enxutos já são realidade em 433 das 2.942 redes franqueadoras que atualmente operam no mercado brasileiro.

Microfranquias crescem no Brasil dados da ABF

Acesse todos os dados das Microfranquias no Brasil na ABF (Associação Brasileira de Franchising)

Vantagens das Microfranquias

Existem oportunidades de microfranquias com investimento inicial de R$ 5 mil até o patamar de R$ 35 mil.

O que são Microfranquias





Microfranquias são os modelos de franquias mais enxutos e que exigem um investimento inicial inferior ao das franquias tradicionais. Como referência, a Associação Brasileira de Franchising (ABF) adota o valor de três vezes o PIB anual médio por habitante do país, como valor máximo de investimento para o negócio se classificar como microfranquia, aproximadamente R$ 80 mil, de acordo com dados do ano de 2014. Logo, as franquias que possuam valor mínimo correspondente a 80 mil são classificadas como microfranquias.
As microfranquias exigem investimento que começam em R$ 5 mil e como microfranqueado, as pessoas podem trabalhar sem funcionários, e muitos nem precisam de um ponto comercial. Grande parte das microfranquias é do tipo “home-based”, ou “home -office, ou seja, pode ser instalada em casa, usando um computador com conexão à Internet e uma linha telefônica (por vezes só um smartphone).

Microfranquia é para você?

“Para trabalhar em casa, é preciso ter disciplina.”

Se você sonha em não ter patrão, não ter chefe por perto e deseja a liberdade para trabalhar, saiba que a microfranquia, como na franquia, tem regras e normas de conduta padrão estabelecidas pelo Franqueador e que devem ser seguidas para obter o sucesso desejado, por isso, o Franqueador é o patrão, e as normas e regras, o chefe que vai nortear todo o seu trabalho.

Lembre-se que ao trabalhar em casa, é preciso separar de alguma maneira o trabalho na “sua empresa” do trabalho da “sua casa”, não dá para atender um cliente com o barulho do cachorro gritando, filho chorando, gato miando, sogra reclamando…é preciso ter um espaço realmente agradável e condizente com o trabalho que será desempenhado.

Como franqueado, você não pode mudar os tipos de serviços nem reformular o logotipo da marca, entre outras coisas que algumas pessoas inquietas tem vontade de mexer.

Para ter sucesso com uma microfranquia.

A regra vale para tudo que é tipo de negócio:
Faça aquilo que te dá prazer, que você gosta, que possa realmente te motivar todos os dias.
Trabalhar em algo chato, que não nos dá alegria é um suicídio diário e constante, que além de levar a morte do negócio, pode levar a sua saúde também.

Decidi ter uma microfranquia e agora?

Pergunte sem medo de ser feliz, tudo o que deseja saber sobre o negócio e o primeiro passo é entrar em contato com as franquias. Pergunte sobre o perfil exigido, o investimento inicial, incluindo taxa de franquia e capital de giro, e os locais para abrir novas unidades.
Se você entrar na seleção do franqueado, a marca é obrigada a fornecer a Circular de Oferta de Franquia (COF), com as informações financeiras e os contatos dos franqueados atuais e antigos.
E ai, visite os franqueados e ex-franqueados. (Dicas em: Franquias, um bom ou mau negócio para você)
Antes de assinar contrato, reflita sobre suas escolhas, o valor de investimento e sua capacidade de gestão.
Leia também:

Franquias, um bom ou mau negócio para você

Boa sorte!
Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br


image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +