Mensagem do dia: O amor que falta

Mensagem do dia

Tenho essa oportunidade única de falar de amor todos os dias.
E, nas minhas orações diárias, amor é a primeira palavra,
pois sem amor, nem os anjos me ouviriam.

Estamos tão carentes de amor no “planeta dinheiro”,
que as pessoas andam ressecadas, mais violentas…

A calma virou artigo de luxo,
a paz anda perdida em alguma caixinha de calmantes cada vez mais fortes,
e que fazem cada vez menos efeito.
Dormir é artigo de luxo nessa selva maluca,
e tem gente indo morrer de infarto diante da beleza do mar.

Por isso, ao orar, ao falar com o Universo,
o meu pedido é único: que o amor não falte,
que a misericórdia me encha a alma,
para compreender o meu próximo,
e principalmente, não esquecer de me amar.
Pois, a pior ausência de amor, é a falta do amor-próprio.

Ame-se e deixe o amor vazar pelos seus poros,
para que suas palavras sejam doces,
para que você pare de reclamar do mundo,
e ao observar a beleza da vida,
seja o seu dizer um agradecimento,
a sua palavra, uma flor,
e o seu abraço, uma forma carinhosa de distribuir o amor.

Amor que eu te desejo,
que a Vida te oferece,
e que Deus derrama agora em forma de benção na sua jornada.
Esteja em paz, hoje e sempre, com muito amor.

Paulo Roberto Gaefke
http://www.meuanjo.com.br

Deixe seu comentário. Facebook.
image_pdfimage_print

Comments are closed.

About Gaefke

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +