Mensagem do dia – A fome da alma
Por Paulo Roberto Gaefke

A alma tem fome de sensações e emoções.
Mas não é de qualquer tipo de emoção.
A alma deseja ser tocada por delicadezas,
pequenas lembranças e sutilezas.

Detesta emoções banais,
excessivamente carnais.

Por isso, para alimentar a alma,
alimente-se de coisas boas
da gratuidade dos abraços sinceros;
dos beijos carinhos das crianças,
ou do beijo apaixonado de quem amamos.

Tudo sacia, tudo preenche,
mas, se tem algo que faz a alma transbordar,
é a possibilidade de servir,
de ser útil de verdade.
Quer matar a fome da alma?
Pratique a caridade.

____________________
Paulo Roberto Gaefke



Deixe seu comentário. Facebook.
image_pdfimage_print