Mensagem do dia 26 de fevereiro – O passado morreu

Mensagem do Meu anjo – O passado Morreu
A mensagem do dia fala para enterrar o passado que te prende aos pés do poste errado.

Esqueceram de te avisar que o passado morreu? Você continua cultivando esperanças ou remorsos pelo que passou? Oh Coitada(o)! Não te mandaram convite para o enterro do passado.?
Pois é, não se assuste, mas é verdade o passado “Mórreu” (gostou do mórreu?) é só para você acordar e acreditar no que seu anjo vem tentando te dizer já faz algum tempo:
Olha, ao continuar ligado ao passado, você está jogando fora oportunidades incríveis de viver, de ser feliz. Sabe-lá quantas coisas boas você jogou fora por estar preso, imobilizado ao poste do passado.

O passado é um óculos escuro que permite ver apenas o que gostaríamos de acreditar, faz-nos sonhar com um futuro que possivelmente nunca existiria.
O passado é fuga, é uma falsa liberdade que prende os sonhos e destrói a realidade.
Eu sei que você sofre por isso, que espera a volta de alguém que se foi, que tem certeza que pode reverter um erro, que você pisou na bola…e outras besteiras que ainda hoje, você julga importante.
Como a manhã espera pelo sol, espere pela vida plena neste dia. Acredite mais em você, desculpe-se e siga em frente. porque Deus nos presenteia todos os dias com o sol, com a chuva, com os ventos, com vida, e vida é renovação, vida é movimento, é energia.

Você pode levantar hoje e plantar uma linda árvore que amanhã irá render lindos frutos. Pense no dia de hoje, construa o dia de hoje e prepare-se para ser feliz!
Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke
ATENÇÃO:
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Escrito por Paulo Roberto Gaefke – www.meuanjo.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +