Em 2014 vai “dar” para ser feliz!

Mensagem do dia 30 de Dezembro de 2013
Mensagem do Dia Vai “dar” para ser feliz em 2014
Por Paulo Roberto Gaefke
 
 
 
Você é o que deseja e o que se permite ser!
Nada mais e nada menos que isso.
Se anda vivendo uma fase “coitadinho(a) de jesuis”,
onde nada dá certo e as pessoas ficam com pena de você,
pode apostar que existe ai até um certo prazer na situação.
Embora você jure que não! Que está sofrendo muito,
que foi enganado(a), roubado(a), corneado(a) e outras dores,
nada justifica a sua parada nesse ponto de ônibus do horror.
 
A vida segue!
As nuvens andam, as pedras rolam, as pessoas ficam.
Até as “toupeiras teimosas” um dia se cansam de fazer besteira.
E você vai ficar ai parado(a) olhando para a ferida que não seca? 

Avance 2 casas no seu joguinho da vida e experimente “dar”!

  • “Dar” uma chance para viver um novo amor.
  • “Dar” uma chance para um novo emprego.
  • “Dar” uma oportunidade para as pessoas se aproximarem.
  • “Dar” o seu bom dia com um sorriso.
  • “Dar” licença para alguém passar nesse lugar que você parou feito poste.
  • “Dar” uma fugida da tristeza e só de sacanagem “dar” um baita sorriso.
 
O remédio é esse que se apresenta: “dar”!
Veja se você acorda e vai “dar” uma nova chance para você descobrir o óbvio:
a vida é bela, mas não espera por ninguém. Ela segue, mesmo que alguém chore.
Mesmo que alguém morra, mesmo que desapareça.
A vida é bela, segue e pede passagem para quem deseja ser feliz.
A escolha é sua: vai “dar” uma chance ou vai ficar ai de cara fechada?
Em 2014 vai “dar” para ser feliz!
 
Eu acredito em você!

 

 

____________________

Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br
Ao menos uma vez por mês, pratique o vegetarianismo, para nutrir seu coração de compaixão.

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +