Diga ao vento

Diga ao vento
Por Paulo Roberto Gaefke

Feche os olhos, pense no que mais deseja.
Sinta-se realizando o sonho mais antigo,
sinta-se cercado pelas pessoas que mais ama.
Por instantes deixe-se levar pela solução,
por alguns minutos esqueça os problemas,
deixe-se levar pela vitória…

Hoje, agora, por esse tempo da vida,
deixe-se banhar pelo sentimento de realização,
deixe a alma sorrir, ame profundamente o que é seu,
respeite-se, compreenda-se, valorize-se!

O Deus que você tanto procura habita em você.
Faça um minuto de silêncio pela dor,
enterre agora o seu passado,
viva o presente que podemos transformar,
mude o futuro que se abre agora…


Diga ao vento que passa,
com todas as letras e sons,
aquilo que você deseja.
O vento passa e leva seus desejos,
e por fazer uma volta no mundo,
ele passa de novo por aqui,
trazendo a concretização de cada sonho.

Por isso, cuide do que pensa.
Examine o que deseja,
e diga para o vento,
o que você mais quer.

Feche os olhos, deixe a Luz habitar em você,
hoje é o dia mais que perfeito para ser feliz!

Acredite em você!
Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +