Deus vende benefícios?

Jesus pensando na humanidade
Dica Espiritual do Dia
Você acredita que Deus vende benefícios?
Ou seja, quem pode pagar mais, recebe mais de Deus?

Se você acredita que pode comprar algum favor de Deus, então nem precisa terminar de ler, corra até um “templo” mais próximo e entregue o “seu melhor”, a sua maior oferta para “deus” e fique esperando a recompensa do céu!

Caso contrário, use o seu cérebro, junte o Tico e o Teco e pense…
Como é que alguém que não é sequer “distribuidor autorizado de Deus”, pode comercializar os seus milagres através de toalhinhas santas, figas bentas, meias ungidas, águas poderosas do mar da Galileia e tantas outras bugigangas da “loja de deus”?

Veja, se isso for verdade, o contrário também o é, ou seja, se você não tem dinheiro para barganhar com Deus, sem grana para comprar uma bíblia salvadora de R$ 900,00 você tá ferrado, pois não vai conseguir a benção desejada. Nem adianta chorar, nem orar, segundo alguns desses espertalhões de plantão, Deus não ouve lamentações, não ouve o seu pranto, somente a sua carteira.

A razão e a lógica que indicam que “Deus é a perfeição absoluta” impedem qualquer pessoa que pense, acredite que Deus delegou poderes para alguém cobrar em seu nome e vender benefícios para quem quer que seja. Tanto é que vemos um monte dessas “vendedores dos templos” caindo doentes e não se curando, morrendo a torta e a direita de mortes horrorosas, com filhos em coma pra mais de anos em hospitais, e tantas outras coisas que nem deixam vir a público, como pastores com depressão, outros que partiram através do suicídio, e que pelo que parece, não pagaram o preço devido.

Ora, Jesus, considerado o Maior de todos os Mestres por esses mesmos vendedores de graças, dizia a todo momento que  “O Filho do Homem não tem sequer uma pedra para declinar a cabeça”…(Mt 19, 20) e para piorar a situação dos vendedores de graças, se encontrassem  um dos apóstolos do Cristo nos seus templos, quebrariam a cara, pois o recado do “Chefe” foi bem claro:

Não leveis nem ouro e nem prata, nem mochila  para a viagem, nem duas túnicas, nem calçados, nem bastão; pois o operário merece o seu sustento”. (Mt 10, 9-10).

Tai o recado de Jesus para os que vivem de explorar a boa fé e vender “toalhinhas e outras tranqueiras da loja do seu deus”, vão trabalhar de verdade,  pois o operário merece o seu sustento!

E não digam que fui eu que falei, o recado é do próprio Mestre Jesus, pois enquanto Ele fala: – “Não ajunteis para vós tesouros na terra, onde os ladrões furam e roubam. Ajuntai para vós tesouro no céu, onde não os consomem nem as traças nem a ferrugem, e os ladrões não roubam. (Mt. 6, 19-20) os donos das “lojas de deus” compram jatos, casas luxuosas, redes de televisão, carros blindados e toda espécie de tesouros da terra.

Quer saber o que fazer do seu problema financeiro?
Aprenda a economizar, trabalhe mais, recomece com simplicidade, estude, capacite-se!
Quer ter mais saúde?
Alimente-se com moderação, evite a gula, coma coisas saudáveis!
Quer ter paz?
Não provoque contendas, não seja ganancioso, fuja das intrigas, fuja dos fuxicos, não se meta onde não foi chamado.
Quer ter um casamento feliz?
Respeite a pessoa com que você vive, seja fiel, faça o seu melhor sem esperar nada em troca.
Quer ver Jesus?
Amai a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo.

Pratique isso e não precisará de nenhuma toalhinha, meia, sacolinha, óleo, água ou seja lá o que for da loja dos espertalhões.

Para terminar, o recado da própria Bíblia que parece que eles só leem o que interessa para suas cruzadas.

Irmãos, sede meus imitadores,
e atentai para aqueles que andam conforme o exemplo que tendes em nós;
porque muitos há, dos quais repetidas vezes vos disse,
e agora vos digo até chorando,
que são inimigos da cruz de Cristo;
cujo fim é a perdição; cujo deus é o ventre;
e cuja glória assenta no que é vergonhoso;
os quais só cuidam das coisas terrenas.
Mas a nossa pátria está nos céus,
donde também aguardamos um Salvador, o Senhor Jesus Cristo,
que transformará o corpo da nossa humilhação,
para ser conforme ao corpo da sua glória,
segundo o seu eficaz poder de até sujeitar a si todas as coisas.
Filipenses 3 -vers. 17 a 21
Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br
[email_link]

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +

2 thoughts on “Deus vende benefícios?

Comments are closed.