Conheça e pratique 10 atitudes para Prosperar

10 atitudes que atraem a Prosperidade.

Dicas para suas finanças andarem no positivo, poupar e sobrar!


1) Pense que a riqueza é boa para todos
Muita gente ainda cultiva a idéia de que riqueza atrai o orgulho, a avareza, afasta da religiosidade e assim, cultiva a idéia do pobre, mas honesto e se sente feliz com essa “situação”. A riqueza é uma porta aberta para gerar progresso, novos empregos, novas oportunidades para famílias e mais famílias viverem com dignidade.

2) Tenha uma missão
Não adianta apenas querer um emprego melhor, ganhar mais dinheiro, passar num concurso público apenas para “estabilizar” e pensamentos tolos como esse. Tenha uma missão de fato: “eu vou ajudar meus pais”, “vou comprar uma casa própria para sair do aluguel”, “vou continuar meus estudos”, vou financiar a faculdade dos meus filhos”, vou trabalhar em uma ONG nas horas que vão sobrar… ou seja, você deixa de perseguir uma ideia para ter uma DIREÇÃO, uma MISSÃO a cumprir.


3) Aprenda a economizar.
Isso você já deve ter ouvido milhões de vezes, mas com certeza ainda não anda praticando e se já começou a praticar, já nota uma diferença na sua vida financeira: Controle o seu dinheiro. Anote cada centavo recebido e cada centavo gasto. Anote as despesas fixas, como aluguel, água, luz, gás, etc e as eventuais, não deixe passar um centavo…

4) Aprenda a POUPAR.
Para virar um investidor, comece aprendendo a POUPAR. Poupar não é guardar uma sobra, é programar-se para com chuva ou com sol, guardar determinado valor para realizar algo em determinado tempo. Por exemplo, você sonha com um carro zero e não pode comprar um a vista. Divida o valor do seu carro dos sonhos por 70, 80, 100 prestações sem juros e poupe aquele valor mensalmente, sem furar e em menos de 100 meses terá o seu carro zero sem estresse. Lembre-se o tempo passa tão rápido…


5) Nutrir pensamentos de abundância.
Não custa nada pensar como rico! Não precisa nem sair para gastar nas lojas, mas mentalizar onde iria, que casa compraria, que carro vai ter, que lugar vai passar nas férias, onde vai estar em janeiro do ano que vem e assim por diante, ajuda e muito na confecção dessa pessoa que você deseja ser. Afinal de contas, uma pessoa deprimida, cheia de medos e recalques pode chegar até onde?

6) Sou uma pessoa de sorte!
Diga para si mesmo(a) todos os dias: Sou uma pessoa de sorte! O que será que vou ganhar hoje?
Sei que algo de bom já está vindo! Sou uma pessoa de sorte!!!

7)Fale de coisas boas!
Fuja de bate-papos onde as pessoas falam mal uma das outras, ou onde só se falam de problemas, doenças, miséria. Miséria atrai miséria, pode apostar nisso! Pensamento voltado para sua missão, foco na meta.

8) Cultive a alegria!
Sem alegria é melhor nem ganhar muito dinheiro pois você nem saberá o que fazer com ele. Pessoas amargas o destino nem quer premiar, pois vão ficar insuportáveis. O mundo precisa de gente alegre, que saiba conversar e principalmente, que tenha uma palavra que ajude, levante, impulsione o mundo para frente. Mesmo com dor de dente, sorria… nem que seja para entrar um ventinho e acalmar a dor…rsss

9) Seja Leal!
Ser leal é respeitar horários, tratos, contratos até onde for possível dentro de uma ética que nem precisa estar escrita. Querer dar “tombo” nos outros é atrair a “rasteira” do Destino que segue a velha cartilha do “Colhe-se o que aqui se planta”.


10) Invista em você.
Se tiver que investir em alguma coisa de útil e duradoura , invista em você, na sua educação, na sua apresentação. Melhor ter apenas 1 boa camisa que 10 vagabundas. Melhor um terno de excelente caimento que 100 de liquidação dos anos 50.
Faça cursos grátis pela Internet, ao vivo ou via rádio. Queira sempre aprender.
Não fique parado no seu conhecimento. A qualquer momento, tudo o que você já aprendeu será superado.
Paulo Roberto Gaefke
(pode-se reproduzir citando a fonte e autoria)
[email_link]

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +