Bitcoin já vira salário no Japão

Bitcoin na sua conta corrente!

Pelo menos parte do salário dos funcionários de empresa japonesa será em moeda virtual.




Pois é, Bitcoin está cada vez mais sério, pois já está na Bolsa de Valores e agora virando moeda de pagamento de salários em empresas pelo mundo, e a companhia japonesa GMO Internet anunciou que pagará parte dos salários de seus empregados em Bitcoins, como uma forma de conhecer melhor o funcionamento dessa moeda virtual.

Receber em Bitcoins

De acordo com uma reportagem da agência de notícias AFP, a partir de fevereiro os funcionários da empresa no Japão poderão receber até 100.000 ienes (890 dólares) de seu salário em Bitcoins.

Em janeiro, a empresa que opera vários negócios on-line, incluindo gestão de páginas, publicidade e serviços financeiros, também se junta aos “mineiros” de Bitcoins, o que lhe dará direito a receber mais moedas virtuais em troca de mudar a segurança da rede que sustenta esse ativo.

Os empregados podem receber salário em bitcoin, se quiserem“, disse Harumi Ishii à agência de notícias AFP. “Esperamos melhorar nossa compreensão da moeda virtual, usando-a”, explicou.

Este é um dos exemplos de apoio às criptomoedas que também vem colaborando com o a sua valorização.O preço do bitcoin disparou este ano, saindo de uma cotação de US$ 1.000 em janeiro até os US$ 17 mil alcançados recentemente.

Um dos fatores que dão acabam dando suporte ao avanço do Bitcoin no mundo é o mercado financeiro americano.O bitcoin deu mais um grande passo na segunda-feira (18/12) ao estrear na maior bolsa de futuros do mundo, a CME, em Chicago. Para analistas, o movimento significa um amadurecimento do mercado das moedas digitais.

Outro fator importante para estimular esse movimento é a crescente aceitação das criptomoedas como formas de pagamento, seja para pagar boletos, fazer um curso ou até dar entrada em um apartamento, por exemplo.

E você? Gostaria de receber seu salário em Criptomoedas?
Comente ai!
Paulo Roberto Gaefke


image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu…
Paulo Roberto Gaefke no Google +