Banho de Ervas, segredos revelados.

Como fazer um Banho de Ervas para equilibrar a sua vida.

Como fazer um banho de ervas para descarrego

Os banhos energéticos e as Ervas

Os banhos energéticos, servem principalmente para limpar as energias negativas que estão impregnadas no corpo áurico, consequentemente, livram-nos de influências de energias negativas, reequilibrando e aumentando o equilíbrio do corpo físico e emocional.

De maneira geral, os banhos com ervas são utilizados para que haja uma troca energética, é uma importante “ferramenta” natural que nos auxilia e nos proporciona enorme bem.

Como preparar os banhos energéticos com Ervas.

ERVAS SECAS:

Os banhos de ervas secas devem ser preparados por infusão – ativar as ervas, colocá-las em um recipiente e derramar água fervente sobre elas. Tampar e deixar por 15 min. Coar e tomar o banho após o banho de higiene. Caules, raízes mais grossas e talos duros, como as espadas, devem ser fervidos por um período médio de 30 min.

ERVAS FRESCAS.

Banho com ervas frescas
Os banhos de ervas frescas devem ser preparados por maceração – colocar em um recipiente com água as ervas e macerá-las por alguns minutos, podendo aquecer levemente, coar e tomar o banho após o banho de higiene.
Os banhos normalmente devem ser preparados com números ímpares – com uma, três, cinco, sete ervas.
Potencializamos o Poder energético e natural do banho quando usamos águas naturais – como água de rio, chuva, cachoeira, poço, mar, etc.

TIPOS DE BANHOS ENERGÉTICOS.

BANHO NATURAL – são banhos que realizamos em sítios energéticos onde as energias estão em abundância. Neste caso, não precisamos nos preocupar em não molhar os chacras superiores (coronário e frontal) localizados na cabeça. Aliás é uma ótima chance de naturalmente tratar da “coroa”, claro que se realizados em locais livres da poluição.
Dentre eles podemos destacar:

Banho de mar: Banho de descarrego natural…

o melhor banho de descarrego é o banho de mar

Ótimo para descarrego e para energização – importante ser realizado em mar com ondas. A energia salina do mar “queima” as larvas e miasmas astrais.

Banho de cachoeira: banho que renova as energias.

Banho de cachoeira faz descarrego natural
Com a mesma função do banho de mar, só que executado em águas doces. A queda d’água provoca um excelente “choque” em nosso corpo, restituindo as energias ao mesmo tempo em que limpamos toda a nossa aura.
Banho solar:
É todo banho tomado durante o dia, mesmo que esteja nublado (sem sol). A energia solar vitaliza e energiza, pois o sol fornece o “Prana” que alimenta nossa alma.
Banho lunar:
É todo banho tomado à noite, desde que a Lua esteja descoberta (não pode haver nuvens). São os banhos que apresentam um aspecto magnético, frio, úmido e calmante.

BANHOS DE CORPO INTEIRO:

Existem algumas ervas e flores que são harmonizadoras e que não causam malefício algum, portanto, podem ser jogadas da cabeça (coroa) para baixo, inclusive nas crianças. Essas ervas/flores são: camomila, alfazema, rosa branca e sálvia.

Como agir durante um Banho de Ervas para que seus resultados sejam os melhores possíveis?

Fazendo uma mentalização durante o Banho e buscando se fixar nas boas energias e naquilo que deseja obter.
Faça assim:
Mentalização: imagine que você está embaixo de uma cachoeira ou num rio cristalino. Pense que a água está levando embora tudo o que o impede de prosseguir na vida com calma e alegria.

ERVAS E SUAS FUNÇÕES NO BANHO DE ERVAS

Arnica – afasta a negatividade
Abre Caminho – novas forças
Açúcar – aceitação
Alho (palha) – proteção
Alecrim – clareza mental
Alfazema – Tem efeito antidepressivo, anti-séptico calmante e relaxante. Ajuda a limpar o astral e traz tranqüilidade.
Alpiste – prosperidade
Arruda – proteção, libera inveja, mau-olhado e negatividade.
Anis Estrelado – aumenta a auto-estima
Água-de-arroz – calmante
Água-marinha (planta) – limpeza
Alfazema – mudança
Bulbo de cebolinha – tira o cansaço
Comigo-ninguém-pode – defesa
Camomila – limpeza (bactericida)
Canela – limpeza, força e prosperidade
Cravo da Índia – estimulante
Crizântemo branco – calmante
Crista-de-Galo (sementes) – calmante (hipertensão)
Contas de Rosário – concentração
Cenoura (folhas) – fraqueza
Dente-de-Leão – tristeza e anti-tóxico
Erva doce – boas energias
Espada de São Jorge – proteção
Folha de Pinheiro – limpeza
Folhas de Pêssego – dissolve densidades acumuladas
Folhas de Limão – corta energias negativas
Folhas de Manga – prosperidade
Folhas de Louro – prosperidade
Fumo – proteção
Flor de sabugueiro – calmante
Guiné – proteção e força, deve-se usar poucas folhas na mistura
Girassol (sementes) – acelera as mudanças
Guaraná – aumenta as energias
Hortelã – aceitação. É adstringente, analgésico, antidepressivo e anti-séptico. Purifica, protege, atrai amor e saúde.
Inhame – força e limpeza
Levante – força, melhorar a auto-estima
Losna – corta a negatividade (raivas)
Macela – calmante (bom para insônia)
Malva – Calmante, evoca proteção e equilibra as emoções.
Manjericão – equilíbrio, renova as células do organismo
Mil-em-ramas – tem efeito tônico, revitalizante, digestivo. Como uma esponja, absorve as energias negativas.
Pitanga (folhas) – melhora a circulação
Rosas brancas – limpeza
Rosas vermelhas – energia
Sementes de tangerina – para dores na coluna
Sálvia – rejuvenescimento



Fontes:
Ervas e Banhos
http://www.fucesp.com.br/ervas/banho-de-ervas/

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +