Amantes da Sabedoria

Buscar uma explicação para os acontecimentos na sua vida, sem passar pelos mitos, usando a Razão, não como desculpa para os erros que cometemos, mas como fonte de informação para a nossa melhoria, é a mais pura Filosofia.
Para tanto, você pode ler os grandes Filósofos, pode estudar as ciências, a psicologia, a matemática, a história e se debruçar sobra as artes. Todo conhecimento adquirido é tesouro inestimável, é a sua bagagem pela eternidade, que não pesa, não incomoda e não tem pagamentos de taxas extraordinárias, mas, ainda assim, com todo conhecimento adquirido, você será chamado pelo Tempo, no seu dia a dia, a debruçar-se sobre a filosofia da sua vida, e
assim, tomar um posicionamento baseado na sua experiência  diária, que é única, e nenhum sábio, é capaz de dizer para onde ir, o que fazer ou o que deixar de fazer. No máximo, poderá obter uma orientação de caminhos a seguir, mas quem deverá colocar a mão na maçaneta e escolher a porta que  deverá ser aberta é você.

Por isso, preste atenção aos detalhes da vida!
Não faça de cada problema um motivo de fuga, não deixe a bola dos acontecimentos crescer de tal forma que vire uma avalanche.
Repare nas suas atitudes, na sua postura diante das dificuldades. Nós somos formados por hábitos, costumes que vamos adquirindo e quase sempre, reagimos do mesmo modo diante de situações idênticas, por isso, persistimos nos erros.
Se uma situação negativa se repete na sua vida, não culpe os deuses, nem aos anjos, muito menos procure um culpado no rol de amigos, antes, reflita nas suas atitudes, nas palavras que tem usado, na maneira que tem tratado as pessoas próximas e até os desconhecidos.
– Como vai a sua paciência? Você ainda sabe o que é isso?
– Como vai o seu poder de perdoar?
– Como você gasta o seu dinheiro?
– Quanto separa mensalmente para poupar?
– No relacionamento você dá o que espera receber?
– Nas amizades, ouve ou quer ser sempre ouvido(a)?
– Você fala demais, ouve pouco, ou justamente o contrário?
Tudo deve ser motivo de uma reflexão sincera, mas amorosa, sem julgamentos, apenas focado nas ações e no que pode ser melhorado.
Mesmo quem está atolado em dívidas, pode começar uma poupança, se determinando a guardar 10% de tudo o que entra nos seus bolsos, desde que lembre-se que poupar não é guardar o que sobra, e sim, separar uma parte do que ganha para realizar um sonho.
Por falar nisso:
– Qual é o seu maior sonho agora?
Filosofia da sua vida é dedicar-se amorosamente ao estudo das suas atitudes e com humildade, se preciso for,
recomeçar, reiniciar no processo de se descobrir e finalmente perceber, que dentro de você, habita um ser maravilhoso, cheio de possibilidades e capacidade infinita de se transformar.
Filosofia não é um simples exercício poético, mas o ponto de partida para o autoconhecimento, que leva invariavelmente a vitória pessoal, a conquista dos sonhos mais distantes, e a um estado de paz que não tem preço, ainda que algumas perguntas fiquem sem respostas momentâneas.
Descubra-se!
Paulo Roberto Gaefke
(PS: A palavra Filosofia deriva do grego “PHILOSOPHIA”
SOPHIA significa SABEDORIA
PHILO significa “Amor Filial”, ou Amizade

[email_link]

image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +