Alma querida…

Escuta, alma querida!
Você que reclama tanto,
da solidão e do abandono em que se encontra,
vem partilhar esse amor que em ti transborda,
com os menos afortunados que imploram,
um pedaço de pão, uma palavra que conforta.

O que te parece pouco,
é para muitos o excesso,
pedaço de esperança,
sonho distante de quem nada tem,
de quem pede tão pouco..

Vê o menino aflito?
Chora porque a mãe ficou em casa doente,
sofre com a fome que não tem hora,
chora porque não lhe damos atenção,
fruto do mundo que nos cobra tanto,
e que devolve desilusão.

Escuta, alma querida!
Você que sonha com o que não consegue atingir,
bote os pés no chão, olhe para o mundo,
veja a imensidão dos céus,
o mar de azul profundo, o sol no alvorecer,
a grandeza das montanhas e a força dos ventos,
creia, tudo isso, do chão ao firmamento,
foi feito para você, para o seu crescer.

Escuta então, alma querida!
Deus lhe deu a vida como prova de confiança,
entregou-lhe o necessário, para tudo realizar,
e se você se dedica ao bem e deseja dias felizes,
aprende a não reclamar, aprende a compartilhar,
e se ainda te restarem dúvidas ou medo,
saiba que em tudo há ensinamento, mesmo na dor,
porque acima de tudo, Deus te ama,
porque Deus é amor.

(repasse para os amigos que você ama!)
Eu acredito em você.
Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br

Deixe seu comentário. Facebook.
image_pdfimage_print

Comments are closed.

About Gaefke

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +