Acreditar

Acreditar símbolo japonês - kanji

Acreditar em que?

Acreditar no quê?

Quando nos perdemos num turbilhão desenfreado de tormentos,
sejam eles físicos, emocionais ou morais, nada faz sentido.

 

Principalmente para aqueles que já fizeram praticamente de tudo para sair da situação em que se encontram. Resta então a “total ausência da fé”.


Muitos religiosos e prgadores do vento vão dizer que a falta de fé é um pecado capital.
Outros, cheios de hipocrisisa vão berrar que é impossível ter alguma coisa sem a fé.

 

Ora, e nós sabemos que muitos prédios sobem e permanecem no lugar por muitos anos com ou sem fé.
Navios partem pelos mares sem fé e aviões também estão cruzando os ares sem nenhuma fé.

 

O grande confronto que as pessoas acabam gerando e sofrendo além da conta é por perder a capacidade de acreditar nelas mesmas. Ou seja, ela começa a se achar incapaz de vencer as adversidades, de ser amada, de ser querida pelas pessoas verdadeiramente.

Essa falta de fé pessoal é a pior de todas pois o Criador com certeza se garante e não precisa da nossa fé. Alias, esse é o grande “conceito de Deus”, ser além das mesquinharias humanas, ser além do perdão, além da justiça, ser simplesmente “amor” e quem ama, você sabe, tudo releva, tudo acolhe, e torce, e vibra pelas conquistas da pessoa amada, ainda que ela esteja tão distante.

 

A palavra “Acreditar” aqui ao lado no alfabeto japonês (Kanji), traz no ideograma uma letra, a do meio, que parece soltar lágrimas, ou suor e simbolizam muito bem o “acreditar”, pois nem sempre é fácil acreditar em alguém, em alguma coisa ou em nós mesmos. Infelizmente, em nossa alma a dúvida é uma constante, e desde pequeninos, vivemos indagando o mundo com os nossos “por quês”, com as nossas dificuldades em aceitar as coisas simplesmente como elas são.

 

Com certeza, acreditar em você, no seu potencial, na sua capacidade não é tarefa das mais fáceis, mas é possível e pode abrir portas e mais portas na sua vida, inclusive para espiritualidade que existe em cada um de nós.

Ao acreditar em nós mesmos, descobrimos que existe algo além da capacidade física de criar. Um conjunto enorme de “energias” que nos levam a provocar efeitos na nossa e nas vidas dos outros. Isso é a nossa capacidade de “realizar”.

Acredite em você.
Paulo Roberto Gaefke
[email_link]


image_pdfimage_print

About Author:

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +

One thought on “Acreditar

  1. eu gostei do modo como se pode dar sua opinião
    sobre todas as noticias,

Comments are closed.