A razão e a ação – Mensagem do dia

“Fortes razões, fazem fortes ações.” [ William Shakespeare ]

Mensagem do dia 13 de Março sobre a razão e a ação - pessoa sentada numa pedra pensando

Há quem reclame de tudo,
da comida que falta um ovo, ou tem ovos demais,
da roupa, que está curta ou comprida demais.

Há quem se perca em lamentações,
e se refugia em mil desculpas para não fazer.
Não faz sequer a higiene pessoal para sair,
e reclama por não ter encontrado ninguém para amar.

Outros, se escondem em seus refúgios, quartos escuros,
e sonham, note bem, apenas sonham com dias melhores.

Tem gente que jura que Deus a abandonou,
porque tudo o que faz dá errado,
mas na verdade, tudo o faz é sem nenhum planejar.
Não se cansam de errar os mesmos erros.
Não se aventuram mais para a direita ou mais para a esquerda.
Fazem o mesmo arroz de anos, e sonham com um belo risoto.

E é claro, o milagre da transformação não acontece assim…

Tudo pede ação, mas antes é preciso ter uma razão para lutar,
uma razão para seguir adiante.
Quem quer ser feliz, precisa saber distinguir,
o que é a felicidade para a sua alma.

Muitos sonham com o poder, e quando o conquistam, choram.
Muitos desejam muito dinheiro, e quando o tem, choram;
muitos esbanjam a saúde e quando a perdem, choram.

Não espere um anjo despencar do céu com normas de vida,
nem receitas mágicas para ser feliz.
Antes, e com tal zelo, se ocupe de sorrir e determinar onde você quer chegar.
Só assim, com uma razão, parta para a ação,
e vença, unindo a força do trabalho com a sua determinação.
Seja feliz!

____________________
Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br​​
“Ao menos uma vez por mês, pratique o vegetarianismo, para nutrir seu coração de compaixão.”

Deixe seu comentário. Facebook.
image_pdfimage_print

Comments are closed.

About Gaefke

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +