A força da oração do “quebra-correntes”

Liberte-se do mal que você não vê, mas sente!

Em Jeremias 33,3 lemos o seguinte: “Clama por mim, que eu te ouvirei e te mostrarei coisas grandiosas e sublimes, que tu não conheces”.
“Quem como Deus?”
Essa foi a demonstração de fé, que São Miguel Arcanjo proferiu durante a sua batalha contra as forças do mal.
É mais do que uma interrogação, é uma afirmação de que não há poder maior que o de Deus.
Essa submissão, essa certeza transforma situações desesperadoras, problemas terríveis em soluções que nem imaginávamos conquistar ou sucesso que não acreditávamos ser possível.
Participe da Oração quebra correntes e prepare-se para obter respostas urgentes para o seu problema.





Em Jeremias 33,3 lemos o seguinte: “Clama por mim, que eu te ouvirei e te mostrarei coisas grandiosas e sublimes, que tu não conheces”.

E é nessa fé, nessa certeza de que Deus ouve as nossas súplicas que vamos reservar um dia inteiro para entrar em contato com Ele. É pouco, mas um dia de dedicação diante dessa sociedade maluca que rouba todo o nosso tempo, com tarefas e distrações que mais parecem sugadores de energias.
1 Dia inteiro para o Senhor, fazendo a oração abaixo de hora em hora, de manhã até a hora de dormir, com o pensamento voltado para a Misericórdia de Deus, que diz no Salmo 91,11-12: “Pois ele dará ordem a seus anjos para te guardarem em todos os teus passos. Em suas mãos te levarão para que teu pé não tropece em nenhuma pedra”

É essa misericórdia que vamos buscar o dia todo, na certeza de que Ele enviará anjos e nossos problemas se tornarão pequenos diante de tal grandeza.
Nesse dia, não beba bebidas alcoólicas, jejue pelo menos 2 horas no dia, sem comer nenhum alimento sólido.
Faça a oração e medite na sua fé…se precisar de mais fé, peça a Deus em oração.

A Oração de hora em hora





Senhor, diante da Tua misericórdia venho adorar-te na certeza de que não há ninguém como o Senhor, afirmando que és o Senhor da mina Vida e a ti consagro, todos os meus passos e rumos.
Tenho enfrentado dificuldades que parecem maiores que a minha capacidade de resolver. Preciso de Ti,, preciso de Tua ajuda.
Senhor, envia teus anjos, me ajude nesse momento de grande aflição onde esse problema (Fale do(s) seu(s) problema(s), está me desafiando, roubando a minha paz.
Envie Teus anjos Senhor, ajuda-me a combater o Bom Combate.
Hoje e sempre te rendo glórias Senhor.
Amém.
Se a coisa estiver muito complicada pode fazer por mais 2 dias.
Tenha fé que a resposta vai chegar.

Paulo
A Oração do Senhor, também conhecida como o Pai Nosso, é talvez a oração mais conhecida do cristianismo. Duas versões dela ocorrem no Novo Testamento, uma no Evangelho de Mateus (Mateus 6:9-13) como parte do discurso sobre a ostentação, uma seção do Sermão do Monte; e a outra no Evangelho de Lucas (Lucas 11:2-4).


O contexto da oração em Mateus é uma parte de um discurso, sobre um povo sofrido que ora grandiosamente, simplesmente com a finalidade de ser visto orando; Mateus descreve Jesus ensinando as pessoas à orar “após a fórmula” dessa oração. Tendo em conta a estrutura da oração, fluxo de sujeito e ênfases, uma interpretação da Oração do Senhor é como uma orientação sobre como orar em vez de aprender algo ou repetir por hábito.


Há outras interpretações sugestivas que a oração foi concebida como uma oração específica à ser usada. O Novo Testamento relata Jesus e seus discípulos orando em várias ocasiões; mas nunca os descreve usando essa oração, é incerto o quão importante ela foi originalmente vista e tida.
No dia da Páscoa foi estimado que dois bilhões de cristãos católicos, anglicanos, protestantes e ortodoxos leram, recitaram ou cantaram a oração em milhares de línguas. Fonte Wikipedia
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pai_Nosso

Deixe seu comentário. Facebook.
image_pdfimage_print

Comments are closed.

About Gaefke

Nascido em Diadema, SP no primeiro dia de janeiro de 1961, capricorniano que adora a vida e conhecer as pessoas, apesar de adorar a reclusão do meu lar. Pai, avô, irmão, filho, cristão, budista, evangélico, católico, espírita, templário, abduzido, desencontrado e meio incerto, assim sou eu... Paulo Roberto Gaefke no Google +